Configurando a BIOS

Autor: 
Jeff Tyson

Na lista anterior, você viu que a BIOS verifica a configuração da CMOS quanto a configurações personalizadas. Eis o que se deve fazer quando você deseja alterar essas configurações.

Para entrar na Configuração de CMOS, você deve pressionar uma determinada tecla ou combinação de teclas durante a seqüência de partida inicial. A maioria dos sistemas usa "Esc," "Del," "F1," "F2," "Ctrl-Esc" ou "Ctrl-Alt-Esc" para entrar na configuração. Há geralmente uma linha de texto na parte inferior da tela que informa "Press ____ to Enter Setup".

Assim que você entrar no Setup, verá um conjunto de telas de texto com algumas opções. Algumas delas são padronizadas, enquanto outras variam de acordo com o fabricante da BIOS. 

  • System Time/Date - ajusta a data e a hora do sistema.
  • Boot Sequence - a ordem na qual o BIOS tentará carregar o sistema operacional.
  • Plug and Play - um padrão para auto-detecção de dispositivos conectados. Deve ser ajustado para "Yes" (sim) caso seu computador e sistema operacional suportem essa opção.
  • Mouse/Keyboard - "Enable Num Lock" (habilitar teclado numérico), "Enable the Keyboard" (habilitar teclado), "Auto-Detect Mouse" (auto-detectar o mouse).
  • Drive Configuration - configura os discos rígidos, CD-ROM e discos flexíveis.
  • Memory - direciona a BIOS para ser espelhada para um endereço específico da memória.
  • Security - estabelece uma senha para acesso ao computador.
  • Power Management - seleciona o uso do gerenciamento de energia, assim como estabelece o tempo de espera (standby)e suspensão (suspend).
  • Exit - salva suas alterações, descarta suas alterações ou restaura os ajustes-padrão.


Configuração de CMOS

Tome muito cuidado quando fizer alterações da configuração. Ajustes incorretos podem impedir que seu computador inicialize. Quando você tiver finalizado suas alterações, deverá escolher a opção "Save Changes" e sair. Então a BIOS tentará reiniciar seu computador para que os novos ajustes tenham efeito.

A BIOS usa a tecnologia CMOS para salvar as alterações feitas nos ajustes do computador. Com essa tecnologia, uma pequena bateria de lítio ou Ni-Cad pode fornecer energia suficiente para conservar os dados durante anos. De fato, alguns dos chips mais recentes possuem uma pequena bateria de lítio com capacidade para 10 anos incluída no chip CMOS.