Como funciona o comércio eletrônico

Autor: 
Marshall Brain
comércio eletrônico

A menos que você tenha morado em uma caverna nos últimos anos, provavelmente já ouviu falar de comércio eletrônico. E deve ter ouvido falar dele sob diferentes ângulos. Você pode:

  • ter ouvido falar de todas as empresas que oferecem comércio eletrônico através do bombardeio de seus anúncios na TV e no rádio;
  • ter lido sobre as novas histórias a respeito da mudança para o comércio eletrônico e o sensacionalismo que se desenvolveu em torno das empresas de comércio eletrônico;
  • ter visto as imensas valorizações que as empresas da web tiveram no mercado de ações, mesmo que não tenham lucro;
  • ter comprado algo pela web, passando por uma experiência pessoal direta com comércio eletrônico.

E, ainda, você pode achar que não entende nada de comércio eletrônico. Sobre o que é toda essa onda? Por que as empresas foram tão valorizadas? E, mais do que isso, há uma forma de você, mesmo como micro ou pequena empresa, participar? Se tem uma idéia de comércio eletrônico, como pode começar a implementá-la? Se você tem dúvidas como essas, esse artigo o ajudará, expondo tudo o que está envolvido em comércio eletrônico.

Classe C no comando

As redes de varejo popular já miravam a classe C brasileira havia anos, mas pouco a pouco vêm descobrindo uma maneira de ampliar seus lucros nesse nicho: as operações virtuais.

Leia mais em VEJA.com