O que é uma API?

Autor: 
Dave Roos

Uma interface entre aplicativo e programação (API) é um conjunto de instruções e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software baseado na Web, ou ferramenta de Web. Uma empresa de software lança seu API para o público de modo a que outros criadores de software possam desenvolver produtos acionados por esse serviço.

Por exemplo, a Amazon.com abriu sua API de modo a que criadores de sites pudessem obter acesso mais fácil a informações sobre seus produtos. Com o uso da API da Amazon, um site independente pode postar links diretamente para produtos da Amazon, com preços atualizados e uma opção que permite compra imediata.

Com as APIs, os aplicativos conversam uns com os outros sem conhecimento ou intervenção dos usuários. Quando você compra ingressos de cinema online, o site de ingressos usa um API para enviar sua informação de cartão de crédito a um aplicativo remoto que verifica se os dados procedem. Assim que o pagamento é confirmado, o aplicativo remoto envia uma resposta ao site de ingressos liberando a emissão dos ingressos adquiridos.

leverage api
Fotógrafo: Andrei Calangiu | Agência: Dreamstime
APIs permitem que profissionais de negócios administrem aplicativos de software

Como usuário, você só vê uma interface - a do site de ingressos - mas nos bastidores há diversos aplicativos trabalhando juntos por meio de APIs. Essa forma de integração é definida como contínua, já que o usuário não percebe nunca quando as funções de software são transferidas de aplicativo a aplicativo [fonte: TConsult, Inc].

Uma API se assemelha ao Software como Serviço (SaaS), no sentido de que os criadores de software não têm tempo de começar do zero a cada vez que escrevem um programa. Em lugar de construírem um aplicativo básico que tente executar todas as funções - e-mail, cobrança, rastreamento etc. -, o mesmo aplicativo pode transferir certas responsabilidades a aplicativos externos mais capazes de executá-las.

Vamos usar o mesmo exemplo anterior de uma conferência via Web. A conferência via Web é um SaaS, já que se pode utilizá-la a qualquer momento desde que o acesso à Web esteja disponível. Com uma API de conferência, o mesmo serviço obtido a pedido pode ser integrado a outros aplicativos disponíveis via Web, como um programa de mensagens instantâneas ou uma agenda online.

O usuário pode marcar uma conferência via Web em sua agenda online, e depois clicar em um link, no mesmo programa, para lançar a conferência. A agenda online hospeda ou opera a conferência. Na verdade, usa uma API de conferência que se comunica nos bastidores com um serviço remoto de conferência online e aciona essa funcionalidade de maneira instantânea para o usuários.

Agora explicaremos a parte da tecnologia que faz uma API de conferência funcionar.