Os princípios básicos

Autor: 
Karim Nice
Sobre o DVD
O primeiro aparelho de DVD chegou ao mercado em março de 1997.

Um DVD é muito similar a um CD, mas ele tem uma capacidade muito maior de armazenar dados. Um DVD padrão guarda cerca de sete vezes mais dados do que um CD. Esta enorme capacidade significa que um DVD possui espaço suficiente para armazenar um filme completo codificado em MPEG-2 (em inglês), além de um monte de outras informações.

Eis o conteúdo típico de um filme em DVD:

  • até 133 minutos de vídeo em alta resolução, em formato letterbox ou pan-and-scan com 720 pontos de resolução horizontal (a taxa de compressão de vídeo é normalmente de 40:1 em MPEG-2);
  • trilha sonora apresentada em até oito idiomas usando canais 5.1 canais de som surround (ambiente) dolby digital;
  • legendas em até 32 idiomas.

O DVD também pode ser usado para armazenar quase oito horas de música de cada lado, com qualidade de CD.

O formato oferece muitas vantagens em relação às fitas VHS:

  • a qualidade da imagem do DVD é melhor e muitos DVDs possuem som Dolby Digital ou DTS, que é muito mais próximo do som que você vivencia em uma sala de cinema;
  • muitos filmes em DVD possuem um índice na tela em que o criador marcou muitas das partes significativas do filme, algumas vezes com uma foto. Se você selecionar a parte do filme que quer ver com seu controle remoto, o aparelho de DVD o levará diretamente àquela parte, sem necessidade de retroceder ou avançar rapidamente;
  • os aparelhos de DVD são compatíveis com os CDs de áudio;
  • alguns filmes em DVD possuem tanto o formato letterbox, que se adequa às TVs de tela larga (widescreen), quanto o formato de TV padrão, para que você escolha;
  • os filmes em DVD podem ter diversas trilhas sonoras e fornecer legendas em diferentes idiomas. Os filmes estrangeiros podem lhe dar a oportunidade de escolher entre a versão dublada em seu idioma ou a trilha sonora original com legendas traduzidas.