Como funciona a edição de vídeos

Autor: 
Marshall Brain and Roxanne Reid

Você pode ter visto comerciais na TV ou lido artigos em revistas que falam sobre o "alvorecer da nova era do vídeo pessoal". Hoje em dia, qualquer um pode usar um computador pessoal e produzir um filme com qualidade de estúdio. Tudo o que você precisa é uma câmera de vídeo, o software correto e um desejo de criar algo. Com as câmeras atuais e a tecnologia de computação, você pode:

  • criar uma boa versão das suas férias de verão, muito melhor do que um "vídeo caseiro";
  • produzir um incrível vídeo para uma apresentação no seu trabalho;
  • criar um documentário completo sobre qualquer assunto que lhe interesse;
  • criar o seu próprio filme de sucesso, exatamente como foi feito em A bruxa de Blair.

A idéia básica é essa. Se alguma vez você já tentou fazer isso, percebeu que não é nada fácil. Na realidade, os softwares mais avançados do mercado são tão complicados, que é praticamente impossível fazer um vídeo com eles. Por exemplo, quando você abre o Adobe Premiere, um software popular para a edição de vídeos, dá de cara com esta janela inicial:


Esta janela inicial do Adobe Premiere pode assustar a um principiante

Se você alguma vez já pensou em produzir vídeos de alta qualidade em seu computador, mas ainda não sabe por onde começar ou acha isso MUITO complicado, então este artigo é ideal! Nele, analisaremos profundamente o processo de edição de vídeos. Você vai aprender:

  • o que é possível;
  • o que você precisa, em termos de equipamento e software, para realizar um vídeo;
  • os conceitos que precisa entender para usar qualquer software de edição de vídeos.

Além disso, você irá aprender como baixar e instalar uma versão gratuita do Adobe Premiere, podendo assim testar, você mesmo, todos os conceitos. No final do processo, ficará surpreso com o que pode fazer com a tecnologia disponível hoje em dia e como é fácil de começar.

Se você tem uma câmera de vídeo, sabe que é fácil criar um vídeo caseiro. Tudo que precisa fazer é apontar a câmera e filmar. Entretanto, se analisar o que foi filmado, perceberá como é difícil criar um bom vídeo. Mesmo que você seja extremamente cuidadoso na hora de filmar, geralmente acaba se decepcionando. O resultado parece amador, desconexo, confuso, com o som ruim, etc...

Como a maioria de nós assiste a muita televisão e vê muitos filmes, a tendência é sermos altamente críticos quando assistimos a um vídeo. Normalmente esperamos ver:

  •  um título no começo;
  • uma seqüência de "imagens" que permita um bom desenvolvimento da história;

    Uma imagem é uma situação filmada sob um ângulo específico. Se você estiver registrando o aniversário do seu filho, por exemplo, provavelmente queira filmar:

    • o bolo;
    • os presentes antes de terem sido abertos;
    • as crianças sentadas à mesa;
    • seu filho soprando as velas;
    • seu filho abrindo os presentes.
  • enfim, um grande número de imagens.

    Se você assiste aos programas normais de TV, verá que é raro a câmera ficar parada por mais de 10 ou 15 segundos. O diretor irá abordar ângulos diferentes para manter a cena interessante ou cobrir outros pontos. Por exemplo, a tela pode mostrar por cinco segundos o rosto de uma pessoa conversando, para depois focalizar o lenço em suas mãos. A passagem se faz enquanto a conversa continua ininterruptamente, demonstrando a emoção da circunstância.

  • Mudanças interessantes entre imagens.

    Algumas imagens podem desaparecer lentamente, enquanto outras aparecem em seu lugar, girar para dentro de diferentes tomadas ou simplesmente alternarem-se em uma seqüência rápida.

  • Uma trilha sonora decente geralmente envolve uma narração e/ou uma música de fundo.
  • Talvez o uso de imagens estáticas (um gráfico ou uma tabela) mixadas com o vídeo.
  • Títulos ou legendas em algumas imagens para identificar pessoas, lugares ou coisas.
  • Câmera lenta ou câmera rápida para mudar o ritmo.

Mesmo que esteja tentando apresentar alguma coisa simples, como uma visita ao zoológico, por exemplo, seria interessante colocar alguns destes recursos na sua versão do vídeo. Quanto mais recursos você utilizar, mais profissional e

atrativo será seu trabalho.

A boa notícia é que você precisa somente de uma câmera, um computador e um software de edição de vídeo para criar obras primas que incluem todos esses recursos.

Existem centenas de maneiras diferentes de editar um vídeo. Você pode comprar um software sofisticado como o Avid (em inglês), que custa centenas de dólares, ou simplesmente usar sua câmera e um VCR. O método que iremos discutir neste artigo envolve três partes:

  • uma câmera digital que tenha uma conexão FireWire conexão (IEEE 1394);
  • um computador desktop ou um laptop, também equipados com uma conexão FireWire;
  • um software de edição de vídeo.

A câmera
Existem hoje, no mercado, centenas de câmeras filmadoras digitais de fabricantes como a Sony, Panasonic, JVC e Canon. A maioria delas usa o que é conhecido por fitas de MiniDV como esta mostrada aqui:


A fita de MiniDV é usada na maioria das câmeras de vídeo digitais

Quase toda câmera de vídeo que usa fitas de MiniDV inclui uma porta de conexão FireWire (IEEE 1394) para que você possa carregar o filme no seu computador de maneira rápida e fácil. As três câmeras seguintes são câmeras digitais típicas disponíveis hoje no mercado.


Esta talvez seja a câmera digital de vídeo mais barata hoje no mercado. Usa fitas Hi-8mm ao invés de fitas MiniDV, mas as grava digitalmente. Este tipo de câmera é muito útil se você tem fitas análogas de 8mm ou Hi-8mm que gostaria de carregar no seu computador. A câmera irá converter uma fita de vídeo análogo e carregá-la para outra fita através de uma porta de conexão FireWire. O único problema desse tipo de câmera é sua baixa resolução.


Uma câmera de vídeo MiniDV tem um CCD de 1 megapixel que fornece uma imagem de alta qualidade. As câmeras de vídeo atuais têm CCDs de até 1,5 megapixel.


Esta é uma câmera de vídeo semi-profissional com três CCDs. Ela grava em fitas de DV-CAM ou MiniDV. Pode produzir imagens de alta qualidade e tem recursos profissionais como XLR inputs e zebra stripes.

Seja qual for o tipo de câmera que você compre, ela tem que ter uma conexão FireWire para que você possa conectá-la ao seu computador. Uma conexão FireWire normalmente se parece com esta:


Este tipo de conexão FireWire é comum em câmeras de vídeo digitais. Você liga uma conexão FireWire ao seu computador através deste conector.

A seguir, falaremos sobre a configuração do computador e do software.