Personagens do filme "Carros"

Autor: 
Vicki Arkoff

Os personagens sempre são a parte mais importante nos filmes da Pixar, e em "Carros" não é diferente.

"Quando criam os filmes na Pixar, eles começam pensando no coração dos personagens", disse Bonnie Hunt, atriz que faz a voz de Sally Carrera. "Após terem encontrado esse coração, podem até utilizar o exterior de um carro que o personagem ainda terá uma personalidade. O diretor John Lasseter e os artistas da Pixar são a mina de ouro da narrativa: eles trabalham sua imaginação. A qualquer coisa que possam visualizar em mente eles dão vida".

Vamos dar uma olhada em cada um dos personagens:

As estrelas

Relâmpago McQueen

Concentrado em se tornar o mais jovem carro a vencer o campeonato da Copa Pistão, esse grande (e novato) carro de corrida só tem duas coisas em mente: a vitória e os benefícios que vêm com ela. O ator Owen Wilson ("Pura adrenalina", "Bater ou correr", "Entrando numa fria 2" e "Penetras bons de bico") faz a voz do ousado carro de corrida que aprende que o importante na vida é a jornada.

"O John me mostrava os storyboards e, algumas vezes, os esboços da animação para me colocar nos trilhos", disse Wilson sobre as sessões de gravação dos diálogos. "Com o roteiro, dá para ter uma boa idéia do que acontece, mas você tem de usar a imaginação várias vezes. Senti como quando era criança e fazia vozes engraçadas. Você imagina, sonha e cria um personagem".

Os visuais do design do carro pegaram várias fontes de inspiração. "Para ter umas idéias para o visual do McQueen, estudamos vários personagens que são tanto arrogantes quanto charmosos", disse o diretor de animação James Ford Murphy. "Observamos caras como Joe Namath, Muhammed Ali e até Kid Rock. Todos extremamente arrogantes, mas ainda assim gostamos deles. E Owen realmente conseguiu mostrar esse personagem, alguém que diz algo arrogante, mas de modo tão charmoso que quase não ouvimos o que ele diz".

McQueen ganhou esse nome do ator Steve McQueen, o "bacana-mor" e um inflamado piloto de corridas que estreou em filmes como "Le Mans".

Mack e Relâmpago McQueen na pista
Copyright Disney/Pixar. Todos os direitos reservados
Mack e Relâmpago McQueen na pista

Mack

Como o fiel motorista de McQueen, ele se dispõe a forçar os limites de sua própria sanidade e necessidade de sono para satisfazer os desejos de seu patrão, mesmo que isso signifique cair no sono ao volante e perder-se dele. O baú do caminhão de Mack é o galpão de luxo de McQueen, totalmente equipado com fibras óticas, TVs, cadeiras de massagem e coisas do tipo, tudo de última geração.  

Nenhum filme da Pixar está completo sem a voz de John Ratzenberger, do seriado "Cheers", e em "Carros" ele assume o papel de Mack Super-Liner 1985. Após dublar todos os outros seis filmes anteriores da Pixar, ele é conhecido como o amuleto da sorte do estúdio.

"Eu é que me considero sortudo", diz Ratzenberger. "A Pixar faz história com cada um de seus filmes e me sinto um homem de sorte por fazer parte disso. 'Carros' realmente me tirou o fôlego. Logo de cara, não dá para tirar os olhos dos detalhes, e então você esquece que está assistindo a uma animação sobre carros. É realmente comovente".

A concorrência

O Rei

Também conhecido como Strip Weathers, esse Plymouth Superbird de 1970 é uma lenda que ganhou mais corridas da Copa Pistão do que qualquer outro carro. Apesar de sua fama, ele tem os pés no chão e sabe que não são só troféus que fazem de alguém um campeão de verdade. Ele acredita em trabalho duro, trabalho em equipe e em ter tempo para sua esposa. O lendário piloto Richard Petty, sete vezes vencedor do campeonato da NASCAR, empresta sua voz para nosso estiloso campeão. E sua mulher, Lynda, faz uma participação especial como a voz da esposa do Rei.

Chick Hicks

Esse veterano é um concorrente cruel, que trapaceou e forçou seu caminho a mais segundos lugares do que qualquer outro carro. Sempre vivendo na sombra do Rei, ele é o segundo colocado supremo e nada vai impedi-lo de ganhar o patrocínio da Dinoco. O ator Michael Keaton ("Dona de casa por acaso", "Batman" e "Herbie: meu Fusca turbinado") mostra a que veio, fazendo a voz desse guerreiro das pistas.

Os carros de Radiator Springs

Os carros de Radiator Springs
Copyright Disney/Pixar. Todos os direitos reservados
Os carros de Radiator Springs

Doc Hudson

Um médico de interior aparentemente quieto e que tem um passado misterioso, esse Hudson Hornet de 1951 é o alicerce de Radiator Springs. Respeitado e admirado por todos, Doc é um carro que fala pouco e não fica impressionado pelo recém-chegado visitante da cidade: Relâmpago McQueen. O vencedor do Oscar Paul Newman nos mostra uma bela performance como a voz desse veículo.  

"O aspecto vocal de Doc veio muito rápido", diz Newman, que além de ator também é um grande piloto de corridas. Seu nome está no
livro dos recordes, o "Guinness", como o piloto mais velho a vencer uma corrida profissional, feito realizado nas 24 Horas de Daytona, em 1995, quando tinha 70 anos de idade.  "Doc era do sul, velho, cansado e inteligente. Dublar uma voz em uma animação é muito diferente de fazer um filme comum. Não há nada físico que você acrescente ao papel. Você não empresta sua aparência ou trejeitos, nada além de sua voz, que é o único instrumento que pode usar. Peguei muito do que ele dizia e tentei dar ao diretor exatamente do jeito que ele queria, e então tentei multiplicar isso um pouco e exagerar".

Sally Carrera

Essa Porsche esportiva da Califórnia se cansou da vida agitada e recomeçou do zero em Radiator Springs. Como proprietária do hotel de estrada Cosy Cone e uma das maiores entusiastas da cidade, guarda a esperança de que um dia Radiator Springs voltará a ter a glória de outros tempos e será colocada "no mapa" novamente. Ela gosta de McQueen instantaneamente e o ajuda a seguir na direção certa. Em seu terceiro papel para a Pixar, a atriz/cineasta Bonnie Hunt ("Vida de inseto", "Monstros S.A." e "Doze é demais") tem uma performance do mais alto nível.

Relâmpago McQueen e Sally Carrera dão uma volta no domingo
Copyright Disney/Pixar. Todos os direitos reservados
Relâmpago McQueen e Sally Carrera dão uma volta no domingo

Mater

Esse guincho de bom coração pode estar enferrujado por fora, mas é o reboque mais rápido de Carburettor County e está sempre disposto a ajudar a todos. Doce e leal ao extremo, Mater fica amigo de McQueen. Quem faz o belo trabalho vocal de dublar Mater é a sensação da comédia "stand-up", Larry the Cable Guy, que faz um personagem tocante e engraçado.

"Na verdade, o Mater é um pouco parecido comigo", diz Larry. "Cresceu em uma cidadezinha, e eu venho de uma cidade com 1200 habitantes. E tudo que ele acha divertido e empolgante, alguém da cidade diria, 'Isso é besteira. Por que alguém faria algo assim?'. Mas, no mundo dele, aquela é a coisa mais empolgante que ele já fez. Se você pudesse ter um só amigo, iria querer que fosse Mater. Ele se mantém fiel ao McQueen até o final, e faria qualquer coisa por ele. Ele não tem nem um pouco de maldade dentro dele".

Mater era o favorito do público e dos animadores. "De certa maneira, ele se tornou a parte central do filme", diz Doug Sweetland, supervisor de animação. "A equipe adorava trabalhar nesse personagem porque ele era tão físico e lhes dava muito terreno para trabalhar. O modelo dava um pouco mais de liberdade, já que o caminhão tinha a cabine e a caçamba separadas, e ainda havia o cabo de reboque que podia ser usado como cauda, ou mesmo girar como um helicóptero. Mater faz de tudo com essa cauda. E Larry the Cable Guy também nos deu muitas possibilidades. Ele é muito engraçado, mas ainda assim muito tocante. Em minha opinião, é umas daquelas vozes perfeitas, como Sterling Holloway, com o Ursinho Puff".

"Mater é a definição viva do que significa amizade verdadeira", diz o diretor John Lasseter. "Joe Ranft e eu amávamos esse guincho enferrujado que sempre estava lá para ajudar seus amigos. Provavelmente é o personagem de que mais me orgulho na Pixar".

Fillmore

O hippie da cidade é uma perua VW de 1960 que faz seu próprio combustível orgânico e vive falando de seus vários benefícios. Suas teorias de conspiração, seu jardim bagunçado e seu hábito de tocar o hino dos Estados Unidos com uma guitarra não são vistos com bons olhos por seu vizinho, um sargento patriótico. Mas, apesar de suas discussões constantes, um não consegue viver sem o outro. A lenda da comédia, George Carlin, criador do personagem de The Hippy-Dippy Weatherman e outros da época dos hippies, tem uma performance maravilhosa como a voz desse ônibus "paz e amor".

Sargento

Esse patriótico jipe de exército Willy, da Segunda Guerra Mundial, é dono da loja de artigos de exército Sarge's Surplus Hut, e sempre corta a grama na frente de sua cabana de maneira perfeita. Embora goste de reclamar de seu vizinho, sabe que a vida é muito mais interessante com Fillmore por perto. O ator Paul Dooley ("O vencedor" e "Desperate Housewives") ficou muito bem como esse veículo regrado que mais ladra do que morde.

Ramone

Proprietário da funilaria Ramone's House of Body Art, esse rebaixado Impala de 1959 é um mago da tinta e do metal, mas não tem nenhum cliente há anos. Enquanto espera que um cliente chegue, ele muda sua pintura a cada dia e espera que McQueen lhe permita fazer umas pequenas mudanças nele. O comediante/ator Cheech Marin tem uma performance vocal muito vívida com esse personagem.

Flo

Casada com Ramone e dona da cafeteria Flo's V-8 Cafe, Flo é um ousado carro de exposição de 1950. Com o "melhor combustível de 50 estados", sua cafeteria é um local de encontro onde os habitantes bebem um pouco de óleo, fofocam e ouvem alguns conselhos maternais da própria Flo. Foi amor à primeira vista para Flo e Ramone quando ela o conheceu durante uma viagem pelo país como uma glamourosa garota Motorama. Jenifer Lewis é quem faz a voz dessa personagem cheia de vida.

Relâmpago McQueen com seu amigo empilhadeira Guido e o empolgado Luigi
Copyright Disney/Pixar. Todos os direitos reservados
Relâmpago McQueen com seu amigo empilhadeira Guido e o empolgado Luigi

Luigi

Com um grande coração, empolgado e sociável, esse Fiat 500 de 1959 é o dono da loja de pneus da cidade, Luigi's Casa Della Tires, que é o "Lar da Torre Inclinada de Pneus". Com seu amigo empilhadeira Guido a seu lado, Luigi é um ávido fã de corridas de carro (especialmente de Ferraris) que sempre quer agradar a todos. Como os negócios já não estão bons há anos, qualquer carro pode pechinchar por pneus com esse feliz comerciante. Tony Shalhoub ("Monk" e "A grande noite") traz o sotaque perfeito para o papel.

Xerife

O especialista na Rota 66 e escritor Michael Wallis é quem dá a voz desse Mercury Police Cruiser de 1949, cujo dever é manter a paz em Radiator Springs. Sempre à espreita de prováveis velocistas que possam querer atravessar sua cidade, o Xerife gosta de contar histórias sobre sua amada Mãe Estrada e tirar uns cochilos atrás do outdoor da cidade.

Na última seção, vamos falar um pouco sobre as cenas do filme e contar qual é o futuro de 'Carros'.