Como surgiu a Internet?

Autor: 
Jonathan Strickland

Se você falar sobre a história da Internet com um grupo de pessoas, é provável que alguém faça um comentário sarcástico sobre Al Gore ter alegado que a inventou. Na verdade, Gore afirmou que "tomou a iniciativa para a criação da Internet" [fonte: CNN (em inglês)]. Ele promoveu o desenvolvimento da rede tanto como senador quanto como vice-presidente dos Estados Unidos. Assim, como exatamente a Internet começou? Acreditem ou não, tudo começou com um satélite.

Sputnik
OFF/AFP/Getty Images
O satélite Sputnik

O ano era 1957 e a então União Soviética lançou o Sputnik, o primeiro satélite artificial. Os norte-americanos ficaram chocados com a notícia. A guerra fria estava no apogeu e Estados Unidos e União Soviética se viam como inimigos. Como a União Soviética era capaz de lançar um satélite ao espaço, era igualmente possível que fosse capaz de lançar um míssil contra a América do Norte.

O president Dwight D. Eisenhower criou a Agência de Projetos Avançados de Defesa (ARPA), em 1958, como resposta direta ao lançamento do Sputnik. O propósito da ARPA era conferir aos Estados Unidos vantagem tecnológica sobre outros países. Uma parte importante da missão da ARPA era a ciência da computação.

Nos anos 50, computadores eram aparelhos enormes que ocupavam salas inteiras e dispunham de apenas uma fração do poder e da capacidade de processamento de um moderno PC. Muitos computadores eram capazes de ler apenas fitas magnéticas ou cartões perfurados e não existia uma maneira de fazer com que computadores trabalhassem em rede.

Dwight D. Eisenhower
Ed Clark/Time Life Pictures/Getty Images
Dwight D. Eisenhower criou a ARPA, a equipe de pesquisadores que concebeu a ARPANET

Estresse

Pesquisa britânica mostra que uma em cada três pessoas se sente ansiosa quando fica sem internet, enquanto que apenas uma em cada quatro se sente "liberada".

Leia mais em VEJA.com

O objetivo da ARPA era mudar essa situação. A agência procurou a ajuda da companhia Bolt, Beranek and Newman (BBN) para criar uma rede de computadores. A rede tinha de conectar quatro computadores, cada qual acionado por um sistema operacional diferente. A rede que resultou desse trabalho ficou conhecida como ARPANET.

Sem a ARPANET, a Internet não se comportaria como hoje e também teria aparência muito distinta - é possível que nem mesmo existisse. Ainda que houvesse outros grupos trabalhando na criação de redes de computadores, a ARPANET estabeleceu os protocolos utilizados na Internet hoje. Além do mais, sem a ARPANET, talvez fosse preciso um prazo muito maior para que alguém encontrasse maneiras de unir redes regionais em um sistema mais amplo.

Na próxima seção, descobriremos como a ARPANET se uniu a outras redes para criar a Internet.