Resultados do LinkedIn

Autor: 
Dave Roos

Se o LinkedIn funciona ou não depende da finalidade para a qual você o está utilizando. É mais útil quando você tem uma tarefa específica que esteja tentando concluir, como procurando um emprego ou conselhos de pessoas da sua área [fonte: B. Mann Consulting (em inglês)]. Não é tão útil se você é apenas um membro passivo que juntou algumas conexões, mas que não está no mercado em busca de um novo emprego, ou em um campo que necessite de muitos relacionamentos profissionais.

No nível mais básico, o LinkedIn funciona muito bem para você entrar em contato com colegas antigos e colegas de classe. Como o LinkedIn chegou à marca crítica de 15 milhões de membros, existe uma boa chance de você encontrar pessoas com quem já trabalhou ou estudou.

Além da satisfação de ver o que velhos amigos (ou inimigos) estão fazendo, o LinkedIn oferece a seus usuários uma forma de colocar sua rede de conexões, antes invisível, em ação. É claro que é bom voltar a ter contato com velhos amigos, mas isso você pode fazer em muitos outros sites de rede social. O LinkedIn quer incentivar seus usuários a irem além da diversão e entrarem no mundo dos negócios. Se os usuários respondem ou não a esse desafio é o que ditará a utilidade do site para eles.

O que está claro é que o LinkedIn definitivamente trabalha para os recrutadores. Sabemos de uma empresa de recrutamento que gasta pouco mais de US$ 7 mil por ano com o LinkedIn Corporate Services, mas embolsa mais de US$ 100 mil só de comissões relacionadas a pessoas contratadas através do serviço [fonte: Work Force (em inglês)]. Um recrutador que utiliza o serviço do InMail para entrar em contato diretamente com clientes em potencial diz que recebe uma resposta 90% das vezes [fonte: Work Force (em inglês).

A natureza humana é tal que é sempre mais fácil conseguir um emprego com um conhecido do que com uma pessoa completamente estranha. Uma ferramenta de rede profissional como o LinkedIn tem o poder de expandir o universo de quem você conhece. Um usuário do LinkedIn com 41 conexões pode ter mais de 200 mil membros em sua rede - ou seja, pessoas que estão a cerca de três níveis do seu. Quando se trata de procurar um emprego, o LinkedIn permite que você busque por vagas dentro de sua rede. Em vez de telefonar para o escritório e pedir para falar com o gerente de contratação, você pode ser apresentado por um amigo em comum.

O LinkedIn aparentemente também funciona com malas diretas, particularmente se tiver uma grande rede de conexões diretas. Houve um caso de um presidente de uma empresa de publicidade online que usou a apresentação de uma de suas conexões diretas para entrar em contato com o diretor de um cliente potencial e convidá-lo para almoçar. O diretor respondeu imediatamente. Comentou que não tinha tempo para comer, mas que precisava de uma nova empresa de propaganda. Eles assinaram contrato duas semanas depois [fonte: Inc.com (em inglês)].

O LinkedIn não fornecerá vendedores com milhares de clientes em potencial, como aquelas listas de mala direta compradas, mas ajudará a gerar relações com uma vantagem distinta: a possibilidade de uma conexão interna. Conforme diz um artigo na Inc.com, o LinkedIn faz o primeiro contato e os "aprofunda" através de amigos e colegas compartilhados [fonte: Inc.com (em inglês).

respostas do LinkedIn
Imagem cedida por LinkedIn
Respostas do LinkedIn

Quanto a empresários e donos de empresas de pequeno porte, o "LinkedIn Answers" (Respostas do LinkedIn) pode ser um recurso eficaz para assistência a empresas específicas e parceiros potenciais. Ao pesquisar as listas de perguntas e respostas nas seções "Startups and Small Businesses" (Início e empresas de pequeno porte), encontramos respostas enormes e ponderadas sobre vários assuntos, como seguro-saúde para pequenas empresas, como ganhar a confiança do cliente e como montar uma infra-estrutura de TI de forma rápida e barata. Como acontece com qualquer sistema de quadro, haverá compartilhamento das mensagens e auto-promoção, mas o LinkedIn está acrescentando uma nova funcionalidade de sinalização para chamar a atenção rapidamente a esses aborrecimentos [fonte: LinkedIn Intelligence (em inglês)]

Mas como todo site de rede social, o LinkedIn tem o potencial de ser um passatempo divertido, uma forma de unir seus amigos antigos e conexões na última loucura da Web 2.0. Entretanto, o site está se posicionando como o lugar para onde as redes sociais irão quando começarem a pensar em relacionamentos [fonte: USA Today] (em inglês)] A idéia é que todos aqueles universitários loucos pelo Facebook (em inglês) se mudarão para o LinkedIn quando a realidade bater a sua porta.

Para completar, vamos falar um pouco sobre questões de privacidade e invasão relacionadas ao LinkedIn.