RAM estática

Autor: 
Dave Coustan,Jeff Tyson

A RAM estática usa uma tecnologia totalmente diferente. Na RAM estática, uma forma de flip-flop contém cada bit de memória (veja Como funciona a lógica booleana
para mais detalhes sobre flip-flops). Um flip-flop para uma célula de
memória utiliza 4 ou 6 transistores mais alguns fios, mas nunca tem de
ser refrescado. Isto torna a RAM estática significativamente mais
rápida que a RAM dinâmica. Entretanto, como ela tem mais componentes,
ocupa também muito mais espaço em um chip que uma célula de memória
dinâmica. Portanto, você pode ter menos memória por chip, o que torna a
RAM estática muito mais cara.

A RAM estática é rápida e cara, enquanto a DRAM é mais barata e mais lenta. A RAM estática é usada para se criar cache de velocidade compatível com a CPU, enquanto a DRAM se constitui no grande sistema de memória RAM.

Originalmente, os chips de memória nos computadores de mesa (desktops) usavam uma configuração de pinos chamada de encapsulamento em linha dupla (DIP - Dual Inline Packcage). Esta configuração de pinos podia ser soldada em orifícios na placa-mãe
do computador ou encaixada a um soquete soldado à placa-mãe. Este
método funcionou muito bem enquanto os computadores operavam com alguns
megabytes ou menos de memória RAM. Mas como a necessidade de memória
cresceu, o número de chips buscando espaço na placa-mãe aumentou.

A solução foi colocar os chips de memória, assim como todos os componentes de apoio, em uma placa de circuito impresso (PCB - Printed Circuit Board) separada, que pudesse ser encaixada a um conector especial (banco de memória)
na placa-mãe. A maioria desses chips usa uma configuração de pinos do
tipo SOJ (Small Outline J-lead), mas alguns poucos fabricantes também
usam a configuração de TSOP (Thin Small Outline Package). A
diferença-chave entre estes tipos de pinos mais recentes e a
configuração DIP original é que os chips SOJ e TSOP são montados na superfície
da PCB. Em outras palavras, os pinos são soldados diretamente na
superfície da placa e não inseridos nos orifícios ou soquetes.

Em geral, os chips de memória estão disponíveis apenas como parte de uma placa chamada módulo.
Você provavelmente já viu uma memória descrita como 8x32 ou 4x16. Estes
números representam o número de chips multiplicado pela capacidade
individual de cada chip, medida em megabits (Mb), ou um milhão
de bits. Pegue o resultado e divida-o por 8 para chegar ao número de
megabytes nesse módulo. Por exemplo, 4x32 significa que o módulo tem 4
chips de 32 megabits. Multiplique 4 por 32 e obterá 128 megabits. Já
que sabemos que um byte tem 8 bits, precisamos dividir nosso resultado
de 128 por 8. Nosso resultado é 16 megabytes.

Na próxima seção, vamos dar uma olhada em outros tipos comuns de memória RAM.