Como funcionam as placas de som

Autor: 
Tracy Wilson

Antes da invenção da placa de som, um PC conseguia reproduzir um único som: um bip. Embora o computador fosse capaz de alterar a freqüência e a duração do bip, não havia como alterar o volume ou criar outros sons.

Inicialmente, o bip agia como um sinal ou uma advertência. Posteriormente foram desenvolvidas músicas para os primeiros jogos de computador utilizando bips com diferentes espaçamentos e durações. Essas músicas não eram muito realísticas. Você pode ouvir uma amostra de algumas dessas trilhas sonoras em Crossfire Designs (em inglês).


Imagem cedida por HowStuffWorks Shopper
Placa de som de um PC

Felizmente, a capacidade de som dos computadores evoluiu significativamente nos anos 80, quando diversos fabricantes introduziram placas adicionais dedicadas ao controle do som. Hoje, um computador com uma placa de som pode fazer muito mais do que um bip. Pode reproduzir áudio 3D para jogos ou som surround para reprodução de DVDs, além de poder capturar e gravar sons de fontes externas.

Neste artigo, você aprenderá como uma placa de som permite que um computador produza e grave sons reais em alta qualidade

Som 3D x som surround sound
Projetistas de jogos utilizam som 3D para oferecer um som rápido e dinâmico que muda de acordo com a posição de um jogador dentro do jogo. Além de utilizar sons de diferentes direções, essa tecnologia permite reproduções de som realísticas que desviam ou atravessam obstáculos. O som surround também utiliza o som de diversas direções, mas não muda baseado nas ações do usuário. Ele é mais comum em home theaters.