Quando apagados, para onde vão os aquivos da lixeira do computador?

Quando a Microsoft introduziu a Lixeira no Windows 95, ela se tornou imediatamente uma prevenção a falhas para muitos usuários. Se apagamos um arquivo e percebemos que precisamos dele, podemos recuperá-lo facilmente fazendo o seguinte:

  • Abra a Lixeira dando um duplo clique no ícone da caixa "reciclar" no desktop (ou você pode ir à pasta Lixeira no Windows Explore).
  • Encontre o arquivo que quer recuperar e clique nele para selecioná-lo.
  • Vá para o menu Arquivo e escolha a opção Restaurar (ou clique com o botão direito do mouse sobre o nome do arquivo e selecione Restaurar no menu que aparecerá).
  • O arquivo está agora de volta ao seu computador na sua posição original.

Apesar da Lixeira ser de grande utilidade, há ocasiões em que o arquivo não é colocado nela quando o apagamos. Estes incluem arquivos da memória removível como um disquete e discos tipo Zip, arquivos apagados de algumas aplicações e arquivos apagados via comando prompt. Também há ocasiões em que iremos esvaziar a Lixeira e, então, percebemos que havia um arquivo que gostaríamos de manter.

Uma concepção equivocada comum é que os dados foram removidos (apagados) do disco rígido no momento que o apagamos. Em nenhum momento que o arquivo é apagado de um disco rígido, ele é realmente apagado. Em vez disto, um pequeno bit de informação que aponta para a localização do arquivo no disco rígido é apagado. O ponteiro, juntamente com outros ponteiros de todas as pastas e arquivos no disco rígido, está salvo em uma seção próxima ao início do disco e é usado pelo sistema operacional para compilar a estrutura em árvore do diretório. Apagando-se o arquivo de ponteiro, o arquivo torna-se invisível ao sistema operacional. Finalmente, o disco rígido gravará novos dados sobre a área onde o antigo arquivo estava localizado.

Há vários utilitários que podemos encontrar na internet que nos permite recuperar arquivos "apagados". O que estes utilitários fazem é pesquisar por dados no disco rígido que não tenham o correspondente ponteiro de informação e apresentar-nos uma lista destes arquivos. Sua chance de recuperar completamente um arquivo diminui quanto mais se espera após apagá-lo, já que a probabilidade de o arquivo ter sido sobreposto aumenta. Algumas vezes podemos recuperar partes de um arquivo que não foi completamente sobreposto.

Aqui estão alguns links interessantes: