O que significam os dígitos dos números de telefone?

O número telefônico que você tecla para ligar para alguém é basicamente um endereço, similar ao endereço IP de um computador ou ao endereço de sua casa. O comprimento do número do telefone varia dependendo do país do qual você está ligando. Em muitos países europeus, os números telefônicos têm comprimento variável, indo de apenas 5o ou 6 dígitos em cidades pequenas até 10 ou mais dígitos em cidades grandes.

Nos Estados Unidos, os números telefônicos são de comprimento fixo, com um total de 10 dígitos. O esquema 3-3-4, desenvolvido pela AT&T em 1947, usa 3 blocos de números dispostos em: 2 blocos de 3 e um único bloco de 4 dígitos. Veja o significado dos diferentes blocos.

Código de área
Prefixo
Número da linha
919
882
5000
  • Código de área - regulamentado pela Federal Communications Commission (FCC, Comissão Federal de Comunicações dos EUA), os códigos de área são usados para designar uma região geográfica específica, como uma metrópole ou uma região de um Estado.
  • Prefixo - o prefixo originalmente se referia a um comutador específico ao qual estava conectada uma linha telefônica. Cada comutador em uma central telefônica de uma companhia telefônica tinha um número exclusivo de três dígitos. Com a chegada dos comutadores computadorizados, muitos sistemas permitem agora a portabilidade do número local (LNP, na sigla em inglês). Isso significa que o número telefônico de um cliente pode ser mudado para outro comutador sem ter de alterar qualquer parte dele, incluindo o prefixo, enquanto o cliente não se mudar da área de tarifação local.
  • Número da linha - esse é o número designado em nível de comutador para a linha telefônica que você usa. Como o número é designado à linha e não ao aparelho em si, você pode trocar de aparelhos telefônicos ou adicionar extensões à mesma linha.

Pense nas três partes como um endereço residencial, em que o código de área é a cidade, o prefixo é a rua e o número da linha é a casa. Você pode até dar um passo adiante com essa analogia e incluir o país. O "1" que você tecla em chamadas interurbanas dentro dos Estados Unidos é na verdade o código do país.

Cada país tem um código diferente. Nos EUA, para fazer chamadas para outro país, primeiro é necessário teclar 011, que é o código de acesso internacional, e em seguida o código do país. Além deste, alguns países também possuem códigos de cidade, que você tecla depois do código de país, mas antes do número local.

Há 680 códigos de área utilizáveis nos Estados Unidos, dos quais 215 estão em uso atualmente. Cada código de área possui quase 8 milhões de números telefônicos (de um total possível de 10 milhões). Alguns números, como aqueles que começariam por 0, 1 ou 911 (emergência nos EUA), não estão disponíveis para uso. Outros, como o 555, que é o prefixo usado para números telefônicos falsos no cinema e TV, são reservados para uso especial.

Os números dentro de um código de área são divididos em 792 blocos de 10 mil números cada. Os números telefônicos são atribuídos às companhias telefônicas nesses grandes blocos. O maior problema é que uma grande quantidade de números em um bloco particular não pode ser usada nem pela companhia que os possui e nem por outras pessoas. Isso significa que os números em um código de área com diversas companhias telefônicas e uma população crescente podem esgotar rapidamente.

Quando um novo código de área é necessário, deve-se dividir o código de área existente ou sobrepor outro a ele. Dividi-lo significa que a região geográfica coberta pelo código de área existente é reduzida e o novo código de área assume o remanescente. Uma divisão requer que uma maior porcentagem de pessoas altere seus números telefônicos para refletir o novo código de área. Uma sobreposição é um código de área que cobre a mesma região geográfica que o código de área existente. O novo código de área sobreposto é dado a novos clientes, e os clientes existentes podem manter seus números telefônicos atuais. A desvantagem da sobreposição é que todos, na região geográfica, devem digitar o número telefônico completo de 10 dígitos e não apenas o prefixo e o número da linha.

Aqui vão alguns links interessantes: